Rego-te

Rego-te com minhas mãos, rego tua estrada tua saída e tua chegada,

rego também teu coração, que não esta em minhas mãos, mas vive dentro de mim.

Rego a alegria que veste o teu dia, e que fortalece teu coração,

Rego a vida com tudo de bom, rego com música que ao ouvir teu ouvido se alegra,

Rego o ir e vir de nossas vidas, rego do sim, o que vestido do não se faz, rego a paz para que ela permaneça

sempre em nós, para que ela seja nossa voz no momento de silêncio,

e que entre nós ela nunca deixe de existir, que o ir e vir de nossas vidas, seja sempre vestido de chegada e nunca de partidas, e que assim seja.

Autora Valdete Ramos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s