Falando com o tempo

Talvez o meu tempo nem mesmo seja agora,

Talvez o meu tempo ainda nem nasceu,

Talvez o meu tempo com o teu tempo se misture.

talvez o meu tempo misturado ao teu, resulte em palavras o que não se viveu,

Talvez o meu tempo seja passado agora.

Mas porque passado, se o meu tempo ainda nem nasceu.

Talvez o teu tempo seja mesmo eu!

Autora: Valdete Ramos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s