Querido mundo meu…

Diga-me lá do fundo se o que me deste eu de fato merecia, e se merecia me diz por que levou?

Vou em minha imaginação tentando buscar a razão pela qual você o esconde.

Talvez meu precioso mundo que hoje me fez chorar, logo pela manhã ao se acordar verá que seu mundo sou eu!

Mundo este que resumo em poucas palavras pois era assim que eu te via,

Nunca me deixaste vazia, por que sempre esteve do meu lado.

Procuro você agora, mas só o silêncio me assola o desejo é de ficar calado.

Mundo mundo meu, onde você foi morar?

Se refugias na cidade, e eu com tanta saudade por que não vem em mim se abrigar?

Cuidado com tuas procuras! Não busca amor de rua, se busca amor de lar;

Aquele que sempre vai estar ali, presente quando você precisar,

E mesmo você não precisando ele sempre estará lá em espera incondicional.

Escritora: Valdete Ramos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s