Meu simples olhar de menina

030Meu simples recordar.                                                                                                                                                                                                                    Meus simples olhares de menina pequenina!  Da rusteza do sertão,

que dilacera a alma dentro do coração.

Da rusteza de uma vida que não se entrega não,

mas que vive a buscar da vida, motivo motivação, para continuar caminhando sem saber a razão, desta vida severina da qual não se esquece  não.

Sou menina, sou mulher, sou aquela que sabe o que quer, dentro do coração.

E mesmo advinda de uma vida severina, não me permito falhar não.

Autoria:Valdete Ramos .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s