Sublime Vida

Sublime dia,
Sublime vida,
Sublime vivência,
Cheia de convivência,de afetos e de afagos, e de ausência…

Eu vejo a vida e a vida me vê, 
Eu vejo a esperança,querendo sobreviver,
Eu vejo o passo de um passado querendo renascer,
De um tempo onde o espaço vazio abrigava você…

Como pôde? 
Dentro de mim, ainda sobreviver?
Querendo tomar conta do espaço e querendo renascer? 
E brotando de galhos secos,querendo florescer? 
Isto sou eu, isto é você!!!
Querendo me buscar como busco você…
Querendo se abrigar em mim, 
Como busco me abrigar…
Em você.    038

Autoria de:
Valdete Ramos (Direitos Reservados)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s