SOBRE O TEMPO….

O que podemos dizer? Sobre as esperas, seja elas de qualquer esfera o que devemos saber, sobre a vida vivida ou não, sobre o tempo que corre que escorre em nossas mãos,  o que devemos fazer, tempo me diga… eu sei que você  sabe, o que eu julgo não saber. Tempo eu preciso de você, peço que me traga as respostas que de mim vive a esconder, tempo feito de tudo as vestes do mundo teu corpo ousa vestir, tempo que veste tudo, mas as almas deste mundo tu ousas despir, tempo eu tenho visto de tudo, e as dores do mundo eu também posso sentir.por do sol

Autora: Valdete Ramos

 

Anúncios

tem vozes que traduzem tudo…

E até o que é impossível para o mundo são capazes de trazer,

tem voz que muda o rumo, tem voz que são o prumo que a vida necessita ter.

Tem vozes que são como prece que até o peito aquece, e sabe afagar qualquer dor,

Tem voz que quando chega tem poder abrasador, são capazes de fechar qualquer ferida que brota em nossa vida com a cura chamada amor. Tem voz que quando chega trazem consigo a calma, e conseguem alegrar a alma do ser que julga só. Tem voz que chega a qualquer hora e, a alegria da hora é saber que ela chegou…. tem voz que traduz tudo, que são as raízes do mundo que ajudam a segurar a terra dos campos que vivem em guerra, e necessitam de paz. Tem vozes que traduzem tudo.orquideas amarelas

Autora: Valdete Ramos

 

Escute as palavras….

E delas extraia todos os sons, escute as palavras sejam elas de onde vier, escute as palavras que possuem poder transformador, palavras podem se transformar em alavancas que movem o mundo, se vierem recheadas de amor, palavras são como o vento chega aonde quer que for, palavras geram raízes profundas, e alimenta a terra onde tantos vivem em guerra, onde olhos choram e ninguém vê… Mas eu sei que você é diferente de tudo, e dentro de você o mundo grita sem você saber. Escute as palavras e extraia delas todos os sons. Escute a sua alma pois tudo que lhe acalma possui voz e muita cor….

caichoeira

Autora: Valdete Ramos

Saber e não saber…

Ver e não ver, ter e não ter, sentir sem se tocar… caminhar sem conhecer o chão, ou caminhar seguro por saber o que ele é…  confuso seria tudo se você não soubesse o que é, mas como sabe mergulha seguro com fé…  pois o que lhe espera nada mais é do que ele é, destino alma voz suave ave que voa, que todo canto  entoa e que não sabe caminhar só, feliz e a alma que lhe acalma, que sonha, que se move, que se comove com toda sorte da alegria de viver e de estar ao teu lado, feliz é o ser quê sabe te conhecer que mergulha fundo em tua alma, que ora, que chora, que se comove com tudo do jeito mais profundo, e que tem olhos de felicidade! Saber e não saber, ver e não ver, ter e não ter, sentir sem se tocar. Isso é coisa pra quem sabe amar.Imagem relacionada

Autora: Valdete Ramos

Andei….

Por vales por sombras, por águas quê assombram não imaginas o quanto, deixei em meus olhos correrem prantos que eu nem podia sonhar, talvez as lágrimas que deles caíram não foi culpa tua, a lágrima é própria de quem anda na rua desprovida e nua na avenida do coração, pois quando se é assim não adianta se esconder, quanto mais você foge mais forte tudo se torna dentro de você. E essa é a tristeza…  e a alegria da alma é saber quê o que lhe acalma também tem o poder de lhe enlouquecer sem querer, confuso é tudo! E tudo confuso é, e se tentar explicar inexplicável  é! Andei por vales por sombras, por águas quê assombram não imaginas o quanto. caminhando no mar

Autora: Valdete Ramos

 

Na casa da saudade….

O coração não tem idade, ele chora dor sem igual

Na casa da saudade no abrigo da alma,  é Deus que te acalma e não lhe deixa só,

e é ele que desata os nós que aparecem em teu caminho, é ele que fortalece teu ninho, e habita em tua casa. E de uma coisa saibam! Quê a alegria do nosso coração está na oração para Deus cantada, e quê na casa da saudade há Deus para te iluminar, e quando você chorar basta a ele chamar, ele irá te abrigar, pois na casa da saudade existe um pai que cuida de te, e te houve toda hora.Resultado de imagem para paisagem natural

Autora: Valdete Ramos

Meu coração lhe deixou ir….

Mas o meu desejo é ter você aqui, lhe deixei caminhar por onde você queria, entrar em portas que não lhe pertencia,

Mas no fundo eu sabia que escolhas certas você faria, lhe deixei ver o que teus olhos  no fundo não viam.olhar de amor Mas não foi por maldade, no fundo de toda verdade era o amadurecimento que em você nascia.

E não há no mundo eu penso! Quem não zele por sua cria.

Meu coração lhe deixou ir, para fazer novas pontes, abrir os horizontes e feliz ser….. no encontro contigo!

Autora: Valdete Ramos

Quando paramos e pensamos no tempo

Seja ele de hoje, de ontem, ou de anos atrás, vamos recordando de coisas que hoje não existem mais, das brincadeiras, dos amigos que a toda hora queriam estar contigo para simplesmente juntos partilharem do que há de melhor na vida, a reciprocidade. Quando falamos de reciprocidade falamos de algo grandioso, que só quem tem sabe o valor, desse calor inigualável, do prazer de compartilhar e de receber calor, de receber amor, mas como muitos de nós sabemos o tempo é amigo e inimigo do mundo, pois ele trás e também leva tudo, uns por falta de tempo, outros porque o tempo deles chegou a hora, e no barco da vida entram e vão embora, morar em  outra esfera, e nós sem termos de tudo compreensão, ficamos buscando a razão pela qual isso o tempo fizera. Mas isso tudo é culpa do tempo, de hoje, de ontem, de anos atrás. Mas não se culpe de nada, apenas se dê direito de algumas gargalhadas, e façam o coração dar risadas, pois com esse tempo não se pode mais. E Então quando você tiver tempo, pense nisso, e em muito mais!tempo

Autora: Valdete Ramos

Hoje

A alma pede cor, o coração pede amor, e a vida pede brilho, hoje nesse tempo que é seu nesse tempo que é meu, a vida de tudo nos veste… e dentro nós a prece é amar sem distinção, pois que nosso coração hoje possa ter a veste que quiser. Hoje só risadas pois a alegria da alma esta no ser não ser só, não façam da vida um nó do qual você não possa sair, traga tudo de bom pra se, pois se você acreditar com toda fé, a vida vai lhe surpreender…. deixe ser uma uma criança que vestida de esperança no jardim vai brincar e aproveitar o ar puro de todo dia, permita-se rolar na relva e matar a selva que esta há te consumir, coloque Deus no pensamento e até vento vai estar a favor de te.016

Autora: Valdete Ramos

Eu sou a telha e o telhado

E eles não podem ser separados, pois o conjunto é o que lhe agrega valor, seja aqui ou aonde for, sou as portas e as janelas, sou o brilho que entra por sua janela anunciando o novo dia.

Sou o piso que mesmo arranhado tem seu brilho e sua cor, sou trinco e a fechadura, quê qualquer criatura só abrirá se tive tiver amor.

Sou a água que corre em suas torneiras, e dê vocês retiro o calor. sou as paredes que escondem muitas emoções veladas, que só podem ser reveladas aquém souber trazer calor, pois muitas vezes os braços que acolhem também necessitam de amor.

Eu sou a voz que ecoa em todo canto, eu cessarei teu pranto basta você acreditar!

Sou o sorriso inesperado aquém vive desesperado, sou abraço esperado, tua companhia também sou! Sou a voz que em todo canto vai cessar o pranto e regar o amor…. e levar a paz. Sou o brilho quê já não mais existe em teus olhos, eu te olho, eu lhe vejo esteja você onde estiver.cachoera

Autora : Valdete Ramos