Ensina-me com amor

E quando pensar em tocar minha pele, toque primeiro minha alma….

Ensina-me a entender de tudo o seu valor, pois na vida as coisas só valem apena se forem vividas com amor.

Ensina-me que a pele quê hoje jovem também envelhecerá, então me ame por tudo que existe aqui dentro, pois a beleza da pele com o passar do tempo, o próprio tempo levará. Mas ensina-me com amor, quê  a pele que veste a minha alma jamais envelhecerá.

E se um dia por ventura pensar em me despir, eu lhe peço fique aqui, e retire primeiro as tuas vestes, pois a roupa quê lhe veste me impedi de enxergar tua alma.

Ensina-me com amor!  E se não for pedir muito, assim lhe peço por favor!!

Autora: Valdete RamosResultado de imagem para estradas com flores

Anúncios

Quisera eu….

Que nesse Natal as palavras fossem todas doce, e quê todas sorte de felicidade movesse o mundo de todos nós, mas como todos nós sabemos o nosso mundo é real e humano, por isso estamos suscetível a erros e acertos, mas não façamos deles nosso desconforto, e sim agradecidos a eles seremos, pois por causa deles nos tornamos melhor hoje.
Mas a palavra de hoje e de sempre é agradecimento… Obrigada senhor pelo amor que existe em todos os corações, pelo amor quê trabalha pela paz, pelo amor que une que abre portas, obrigada pela família quê conforta quê se move com único sentido receber e doar amor.
Hoje… o que as minhas mãos não conseguiram fazer, Deus possa fazer por mim por cada um de vocês, Feliz Natal para todos vocês…. obrigada pela companhia, obrigada pela parceria, obrigada pela amizade. Resultado de imagem para imagens de natal

FELIZ NATAL!!!!

Autora Valdete Ramos

Pra falar a verdade…..

A minha liberdade mora dentro dos teus olhos

E é neles que me encontro com você todos dias,

Pra falar a verdade a minha felicidade só existe porque anseio te fazer feliz, e acreditando que a felicidade seja de verdade um monte de raízes profundas e firmes, quê ninguém consegue arrancar. Pra falar a verdade eu preciso de nós, do calor da voz, do olhar que o meu olhar ilumina, o brilho dos teus me fascina e me faz te desejar, é no teu olhar que eu me encontro.  orquidea

Autora: Valdete Ramos

SOBRE O TEMPO….

O que podemos dizer? Sobre as esperas, seja elas de qualquer esfera o que devemos saber, sobre a vida vivida ou não, sobre o tempo que corre que escorre em nossas mãos,  o que devemos fazer, tempo me diga… eu sei que você  sabe, o que eu julgo não saber. Tempo eu preciso de você, peço que me traga as respostas que de mim vive a esconder, tempo feito de tudo as vestes do mundo teu corpo ousa vestir, tempo que veste tudo, mas as almas deste mundo tu ousas despir, tempo eu tenho visto de tudo, e as dores do mundo eu também posso sentir.por do sol

Autora: Valdete Ramos

 

tem vozes que traduzem tudo…

E até o que é impossível para o mundo são capazes de trazer,

tem voz que muda o rumo, tem voz que são o prumo que a vida necessita ter.

Tem vozes que são como prece que até o peito aquece, e sabe afagar qualquer dor,

Tem voz que quando chega tem poder abrasador, são capazes de fechar qualquer ferida que brota em nossa vida com a cura chamada amor. Tem voz que quando chega trazem consigo a calma, e conseguem alegrar a alma do ser que julga só. Tem voz que chega a qualquer hora e, a alegria da hora é saber que ela chegou…. tem voz que traduz tudo, que são as raízes do mundo que ajudam a segurar a terra dos campos que vivem em guerra, e necessitam de paz. Tem vozes que traduzem tudo.orquideas amarelas

Autora: Valdete Ramos

 

Escute as palavras….

E delas extraia todos os sons, escute as palavras sejam elas de onde vier, escute as palavras que possuem poder transformador, palavras podem se transformar em alavancas que movem o mundo, se vierem recheadas de amor, palavras são como o vento chega aonde quer que for, palavras geram raízes profundas, e alimenta a terra onde tantos vivem em guerra, onde olhos choram e ninguém vê… Mas eu sei que você é diferente de tudo, e dentro de você o mundo grita sem você saber. Escute as palavras e extraia delas todos os sons. Escute a sua alma pois tudo que lhe acalma possui voz e muita cor….

caichoeira

Autora: Valdete Ramos

Saber e não saber…

Ver e não ver, ter e não ter, sentir sem se tocar… caminhar sem conhecer o chão, ou caminhar seguro por saber o que ele é…  confuso seria tudo se você não soubesse o que é, mas como sabe mergulha seguro com fé…  pois o que lhe espera nada mais é do que ele é, destino alma voz suave ave que voa, que todo canto  entoa e que não sabe caminhar só, feliz e a alma que lhe acalma, que sonha, que se move, que se comove com toda sorte da alegria de viver e de estar ao teu lado, feliz é o ser quê sabe te conhecer que mergulha fundo em tua alma, que ora, que chora, que se comove com tudo do jeito mais profundo, e que tem olhos de felicidade! Saber e não saber, ver e não ver, ter e não ter, sentir sem se tocar. Isso é coisa pra quem sabe amar.Imagem relacionada

Autora: Valdete Ramos

Andei….

Por vales por sombras, por águas quê assombram não imaginas o quanto, deixei em meus olhos correrem prantos que eu nem podia sonhar, talvez as lágrimas que deles caíram não foi culpa tua, a lágrima é própria de quem anda na rua desprovida e nua na avenida do coração, pois quando se é assim não adianta se esconder, quanto mais você foge mais forte tudo se torna dentro de você. E essa é a tristeza…  e a alegria da alma é saber quê o que lhe acalma também tem o poder de lhe enlouquecer sem querer, confuso é tudo! E tudo confuso é, e se tentar explicar inexplicável  é! Andei por vales por sombras, por águas quê assombram não imaginas o quanto. caminhando no mar

Autora: Valdete Ramos

 

Na casa da saudade….

O coração não tem idade, ele chora dor sem igual

Na casa da saudade no abrigo da alma,  é Deus que te acalma e não lhe deixa só,

e é ele que desata os nós que aparecem em teu caminho, é ele que fortalece teu ninho, e habita em tua casa. E de uma coisa saibam! Quê a alegria do nosso coração está na oração para Deus cantada, e quê na casa da saudade há Deus para te iluminar, e quando você chorar basta a ele chamar, ele irá te abrigar, pois na casa da saudade existe um pai que cuida de te, e te houve toda hora.Resultado de imagem para paisagem natural

Autora: Valdete Ramos